edição nº 11 ano 2018
outros títulos do autor
Novos tempos
Princípio da Boa Vontade
Lei do Esforço Grupal
Princípio da Unanimidade
Lei da Aproximação Espiritual
Princípio da Divindade Essencial
Paul Cézanne
     
 
veja também
Umbigo: sinônimo de vida
Paul Cézanne
Máxima solariana nº9
Novo carma
Lei das Corretas Relações Humanas

Relembrando o que escrevemos no mês passado: os valores que norteiam nossa existência nos tempos atuais, perpassando todas as nossas atitudes, podem ser resumidos em três leis e três princípios universais:

LEIS                                                         PRINCÍPIOS

Corretas Relações Humanas                        Boa Vontade

Esforço Grupal                                          Unanimidade

Aproximação Espiritual                               Divindade Essencial

 

Mas o que são leis e princípios?

Um princípio é uma motivação, uma fonte de energia, uma afirmação que visa a uma melhora geral da humanidade.

Uma lei é a formulação em palavras do que está implícito num princípio, possibilitando que ele se manifeste na prática. As leis servem de base às relações humanas.

Lei das Corretas Relações Humanas

A lei das Corretas Relações Humanas facilita a comunhão verdadeira com a própria alma, com os outros seres, com a natureza, com o universo.

Para que possamos interagir adequadamente com a família, o trabalho e a sociedade, é fundamental que estejamos bem internamente. Devemos nos amar, respeitar nossos limites e nossas fraquezas e, acima de tudo, perdoar nossos erros.

Quando estivermos felizes, em paz com nossos pensamentos e emoções, poderemos irradiar amor e gratidão por tudo o que nos rodeia: pessoas, natureza e universo. Assim, a base das relações corretas e adequadas deve ser estabelecida no nosso interior: amor, senso de responsabilidade, compreensão, compaixão e serenidade.

A reflexão sobre essas atitudes mostra a ampla abrangência da Lei das Corretas Relações Humanas. Esta não é uma lei válida apenas para nosso contato com os outros, mas também para toda a organização de nossa vida. Seu campo de aplicação corresponde à área global na qual vivemos, ou seja, à área da nossa expressão externa e àquela relativa aos sentimentos, pensamentos e atitudes internas.

O estabelecimento de atitudes positivas dentro de nós facilita o fluxo das relações externas, destruindo barreiras e abrindo caminhos. Através dos necessários atos de cooperação no dia a dia, tanto na organização de nossa vida quanto na vivência de todos os nossos contatos, experimentamos e apreendemos os vários aspectos de nossos relacionamentos, seus diversos tipos e gradações.

Enquanto indivíduos, é necessário que cooperemos conscientemente com a Lei das Corretas Relações Humanas, e, assim, vamos ajudar a estabelecer um mundo melhor, com mais equilíbrio, prosperidade e amor.

No próximo mês, vamos pensar um pouco no Princípio da Boa Vontade.

 

 

Texto baseado em Meditação e Síntese – Parassíntese, Visão e Missão (São Paulo, Ed. Totalidade, SP, 2004). Organizado pelo CEPAZ, o livro reúne textos de Roberto Assagioli, fundador da Psicossíntese.
 

Laura Paladino de Lima

A solariana Laura Paladino de Lima, integrante do Grupo Liberdade, é formada em História e Administração pela PUC-SP. Dedica-se ao estudo da História da Arte em instituições como PUC-SP, MASP e ICIB (Instituto Cultural Ítalo Brasileiro). Autora do livro Gigi e as Se(r)mentes (São Paulo, Totalidade, 2001, 2a ed.).
 

 
 
Imprimir