edição nº 12 ano 2018
outros títulos do autor
Nossos olhos
Massageando as unhas
Espreguiçando e Emagrecendo
Doutor Mindinho
Cuidando do Hara
Doutor Mindinho: uma bola de papel
Repolho, remédio para todos os males
Sal grosso ou marinho, o tempero ideal para o seu corpo
Na palma de sua mão
Receitas ideais para o seu bem-estar
     
 
veja também
Colágeno: faça você mesmo!
Minha experiência de 10 dias no Irã
Máxima solariana nº16
Harmonia
Vinagre, nosso melhor aliado

Inúmeros produtos alimentícios, como legumes, verduras, frutas, carnes, peixes, bebidas e salgadinhos, um grande chamariz para as crianças, possuem muitos aditivos químicos, agrotóxicos e corantes que fazem muito mal à nossa saúde. Esses produtos são vendidos livremente em todos os lugares, desde supermercados até feiras de rua, e são um dos responsáveis pelo surgimento de várias doenças, como, por exemplo, pressão alta, arteriosclerose, AVC,  diabetes, aumento de colesterol etc.

Kiyoshi Matsuo, diretor do Campo de Pesquisa aos Consumidores de Tóquio, Japão, descobriu que o vinagre pode desintoxicar os alimentos em até 40%, prevenindo as doenças decorrentes desses aditivos químicos. Sua pesquisa concluiu que há um uso indiscriminado de agrotóxicos para eliminar ervas daninhas e insetos e de aditivos, como corantes e conservantes, para prolongar o tempo de validade do alimento e manter a sua aparência. No entanto, estes se instalam em nosso organismo, provocando muitos problemas, além dos já mencionados, tais como: câncer, irritação, desconcentração e até mudanças de personalidade. Além disso, o uso de antibióticos em animais, como bovinos, suínos, aves e peixes em cativeiro, suscitam vários tipos de alergias. Assim, a seguir, algumas maneiras de higienizar os alimentos com vinagre.

Recomendações gerais ao uso do vinagre na limpeza dos alimentos:
• Não há nenhum tipo de restrição à marca ou qualidade do vinagre;
• Não basta deixar o alimento submerso muito tempo em vinagre – cada alimento tem o tempo ideal de imersão, que varia de acordo com suas características e utilização;
• Não se deve consumir o vinagre já utilizado.

Em verduras e legumes:
Medida recomendada: uma colher de sopa de vinagre para 3 copos de água.
Lave bem as verduras e os legumes em água corrente e deixe-os de molho nessa solução por 5 minutos.

Em tubérculos (inhame, cará, cenoura, raiz de lótus etc.):
Medida recomendada: uma colher de sopa de vinagre para 3 copos de água.
Coloque os tubérculos já cortados e prontos para o uso na solução e deixe agir por 15 minutos. Essa limpeza irá tirar o excesso de toxinas que favorecem a produção de tumores e da dioxina.

Em frutas (morango, figo, maçã, uva, pera etc.):
Medida recomendada: proporção idêntica de água e vinagre. Por exemplo: 1 copo de água para 1 copo de vinagre.
Deixe a fruta imersa nessa solução por 2 minutos, em seguida, lave-a em água corrente e sirva-a.

Em peixes, ostras e embutidos:
Medida recomendada: proporção idêntica de água e vinagre. Por exemplo: 1 copo de água para 1 copo de vinagre.
Deixe o alimento imerso nessa solução por 2 minutos e, então, lave-o em água corrente.

Como ingerir vinagre?
Como vários estudos já comprovaram, ingerir vinagre traz muitos benefícios à nossa saúde, como o retardamento da produção de radicais livres, porém, nunca se deve tomá-lo puro, pois isso pode acarretar problemas no estômago. Uma boa forma de ingeri-lo é misturado com mel e diluído em água ou leite de soja. Para isso, basta:
• Misturar muito bem 1 colher de sopa de vinagre de maçã com 1 colher de sopa de mel e, então, acrescentar 200 ml de água ou de Tonyu (leite se soja). Recomeda-se tomar após as refeições.

Vinagre caseiro
A seguir, duas receitas de vinagre caseiro, sendo que cada uma delas traz benefícios específicos à nossa saúde. Elas podem ser ingeridas depois de uma semana de preparo, mas o gosto fica mais apurado depois de um a dois meses. As receitas podem ser conservadas até 2 anos. Em ambos os casos, recomenda-se o uso diário em 2 colheres de sopa diluídas em água mineral ou leite de soja, iogurte natural etc. Vamos a elas:

Vinagre de morango (rico em vitamina C):
Ingredientes:
• 200 g de morango pequeno (lavar, tirar o cabo e deixar secar)
• 1 limão (cortar verticalmente em pedaços)
• 300 g de açúcar cristal
• 250 a 300 ml de vinagre de maçã
Em um vidro de boca larga, insira alternando: o morango, o limão e o açúcar. Por último, acrescente o vinagre. Tampe e guarde num local fresco e escuro. Mexer uma vez por semana. Após um mês, retire o morango e o limão da solução.

Vinagre de ameixa seca (rico em vitaminas A e E – favorece a visão e a pele, previne prisão de ventre e anemia):
Ingredientes:
• 300 g de ameixa seca (fure-a com um palito, lave-a e seque-a bem)
• 250 g de açúcar cristal
• 300 ml de vinagre balsâmico
Em um vidro de boca larga, coloque a ameixa e o açúcar cristal alternadamente e, por fim, acrescente o vinagre balsâmico. Misture a solução uma vez por semana. De 2 a 3 meses após o preparo, retire as ameixas.

Além de todos esses benefícios, o vinagre também pode ser utilizado na limpeza de casa – ele ajuda a tirar manchas e pode ser usado como inseticida natural – e em nossa higiene pessoal. E o melhor de tudo: é prático e barato.
 

Setsuko Kobashi

Setsuko Namekata Kobashi, solariana e também sócia da ONG Solaris, começou os estudos com Sofia em 1991, sempre focada na manutenção do bem-estar do corpo e da mente. É especializada na massagem Seitai e no Sootaiho, técnica de exercícios que ajuda a equilibrar o corpo no dia a dia, priorizando a respiração, a alimentação e o pensamento. Setsuko aprendeu o Sootaiho com o Dr. Takao Sunaga, discípulo do Dr. Keizo Hashimoto, o criador da técnica, na província de Niigata, no Japão.
É também grande estudiosa das plantas medicinais, interesse que firmou e aprofundou acompanhando seu pai, Kensaku Namekata, um autodidata no assunto, que, tendo publicado um livro sobre o tema, obteve reconhecimento internacional.
 

 
 
Imprimir