edição nº 12 ano 2018
outros títulos do autor
Previsões Astrológicas para 2010
Criança ariana
Criança taurina
Criança geminiana
Criança leonina
Criança virginiana
Criança libriana
Criança sagitariana
Criança escorpiana
Criança capricorniana
     
 
veja também
Colágeno: faça você mesmo!
Minha experiência de 10 dias no Irã
Máxima solariana nº16
Harmonia
Criança canceriana

Dando prosseguimento à série dos signos solares e as crianças, este mês a astróloga Lúcia Maria Silva descreve as que nascem sob o signo de Câncer.

Signo Solaris
O Sol é o doador da vida. É a força vital, a essência, o impulso interior. O Sol e o signo em que ele está representam nosso propósito de vida, a manifestação da  nossa vontade.

Criança com Sol em Câncer
O Apóstolo de Cristo associado ao signo de Câncer é o terno André. André, antes de encontrar Cristo, era discípulo de João Batista e passou grande parte de seu tempo às margens do Rio Jordão batizando as pessoas e anunciando que o Messias não tardaria a chegar. Sempre seguiu o propósito de servir ao próximo com humildade e sacrifício, sendo o primeiro a aceitar Jesus Cristo como o Messias.

Câncer rege o estômago, o tórax e o plexo solar. Seu planeta regente é a Lua, que representa as emoções, os instintos e o princípio feminino.

A criança canceriana tem uma natureza suave, delicada, amorosa e prestativa. Ela deseja a posse absoluta daqueles que ama. A tônica da sua personalidade é a união de sentimento, sensibilidade e intuição diante de quaisquer situações ameaçadoras. Ela não se expõe até ter certeza de como será tratada. Ao menor sinal de rejeição, afasta-se e se retrai.

O jovem canceriano é afável, mas tem uma aparência séria. Sente-se seguro perto da mãe e dentro de casa. Um lar feliz e um bom relacionamento com os pais são quase a garantia de uma vida adulta segura e ajustada. Os pais sempre devem planejar atividades familiares das quais ele possa participar.

Esta criança possui excelente memória, que se revela com riqueza de detalhes. Colhe e guarda fatos da mesma maneira que conserva objetos de valor sentimental. Precisa de um pouco de ajuda daqueles em quem confia para superar a timidez e a insegurança. Ela crescerá no embate constante entre o novo e o velho, pois nem tudo na vida é tão seguro como ela gostaria.

Os pais têm a difícil tarefa de tentar ensiná-la a ter uma percepção de si. O canceriano percebe os sentimentos que existem por trás das palavras, por isso não adianta tentar enganá-lo.

Banhos e brincadeiras com água são excelentes para acalmar esta criança. Nadar pode ser uma ótima maneira de ela resolver quaisquer frustrações e reencontrar a paz.

A criança canceriana é muito receptiva, sensível a tudo e a todos. Sua habilidade intuitiva e psíquica é muito desenvolvida e atua totalmente no nível emocional. É como uma esponja que absorve toda a energia e sentimento do ambiente: se houver tristeza, ela ficará triste; se houver alegria, ficará feliz.

Desde cedo, este jovem precisa aprender a rezar e a pedir proteção para seu anjo da guarda contra forças negativas. Os pais devem manter o ambiente sempre tranquilo e alegre. Ter bons amigos também o ajudará.

Esta criança tem propensão a desenvolver problemas estomacais. É recomendável que ela não coma quando estiver emocionalmente perturbada ou muito excitada. Jamais deve ser forçada a alimentar-se.

O novo canceriano é repleto de sentimentos e tem necessidade de dar e receber amor. É muito cuidadoso com os seus brinquedos, irmãos e amigos. Numa emergência, os pais podem contar com ele para cuidar dos irmãozinhos. No entanto, apesar de isso ser bastante natural para ele, é melhor não fazê-lo com frequência, pois o canceriano também precisa sentir-se cuidado e protegido.

A melhor maneira de fazê-lo colaborar quando ele faz algo errado é questionar como ele se sentiria se estivesse no lugar do outro. É uma criança avessa a disciplinas agressivas e arrogantes. Compartilhar os sentimentos com ela será muito mais proveitoso.

Deem muito carinho a essa criança e nunca se esqueçam de sua sensibilidade – ela não precisa de rispidez ou de severas repreensões para compreender a desaprovação dos pais ou educadores.

 

Lúcia Maria Silva

Lúcia Maria Silva, além de colunista na Revista Solaris, assina o horóscopo do Portal Solaris. É bacharel em Física e licenciada em Física e Matemática pela PUC-SP. Aluna do Solaris desde 1996, promove o Estudo do Potencial Individual, baseado na Teoria da Abrangência, de Sofia Mountian. Diretora do Grupo Astrológico Terceiro Milênio, dedica-se profissionalmente à astrologia há 15 anos. Faz leitura de Mapa Astral, Revolução Solar e Sinastria. Desenvolve Mapas Astrais específicos a crianças, orientando os pais na educação dos filhos. Autora do livro Geração Terceiro Milênio - Astrologia para Crianças (Editora Gente). Trabalha também como Terapeuta Floral pelo Sistema Florais Brasileiros de Joel Aleixo desde 2000.

 
 
Imprimir