edição nº 12 ano 2018
outros títulos do autor
Nossos olhos
Massageando as unhas
Espreguiçando e Emagrecendo
Vinagre, nosso melhor aliado
Doutor Mindinho
Cuidando do Hara
Doutor Mindinho: uma bola de papel
Repolho, remédio para todos os males
Na palma de sua mão
Receitas ideais para o seu bem-estar
     
 
veja também
Colágeno: faça você mesmo!
Minha experiência de 10 dias no Irã
Máxima solariana nº16
Harmonia
Sal grosso ou marinho, o tempero ideal para o seu corpo

O sal grosso é extraído do mar e muitas vezes parece ser feito de pedregulhos, sendo triturado de várias maneiras. É interessante conhecer melhor suas valiosas propriedades. O sal pode ser usado ao natural para nutrir gado ou plantas, bem como para temperar churrasco. Quando utilizado na cozinha, é mais fino e comumente o conhecemos como sal marinho. Em sua composição, o sal contém: cálcio, fósforo, potássio, enxofre, sódio, magnésio, cloro em abundância e cobre manganês, além de pequenas quantidades de ferro e iodo, o que o torna um importante componente para a alimentação e para tratamentos terapêuticos.

O sal refinado perde praticamente todos esses componentes, enquanto o sal natural, além de todas essas qualidades vitamínicas, torna o alimento mais saboroso, ajuda na sua conservação e não o deixa perder sua coloração natural.

Como tratamento terapêutico, os japoneses usam sal natural após tomar banho no ofurô – tipo de banheira com água aquecida a uma temperatura de 40 a 42º, usada para abrir os poros e relaxar. Mas não precisamos necessariamente do ofurô para aproveitar as qualidades naturais do sal, o processo é perfeitamente aplicável se o banho for tomado no chuveiro.

O que fazer?

Independentemente do meio, tome um banho bem quente, abrindo os poros, para que o sal possa penetrar com mais facilidade na pele. Deve-se passar em torno de 50g de sal ao longo de todo o corpo após o banho, diariamente, seguindo as recomendações abaixo.

Fique numa posição confortável e comece o passando o sal pela orelha, nuca, ombro, costas, bacia, glúteos, coxas e pernas; então utilize uma toalha fina para friccionar as costas, de cima para baixo (yang), durante dois a três minutos. Depois, passe o sal na parte frontal do corpo: entre os dedos, tornozelos, joelhos e coxas. Importante não deixar de lado os órgãos genitais – muitos reclamam de coceira e incômodo nessa região, e o sal ajuda muito na limpeza. Na região do abdômen, ele auxilia a diminuir a barriga. Além disso, massageie bem a região dos seios, chegando até o pescoço com movimentos de baixo para cima (yin).

Agora tratemos dos nossos braços. Comece esfregando o sal no ombro e chegue até as costas da mão (yang). Continue friccionando e massageando, indo das palmas da mão até a axila (yin).

Esse processo dura em torno de doze minutos e ajuda o corpo a relaxar e a eliminar o que o está incomodando. Ao concluí-lo, enxágue bem o corpo para retirar todo o sal. Para evitar que o tratamento seja interrompido, tenha sempre à disposição um pote com sal marinho no banheiro.

Os resultados oferecidos pelo sal marinho são variados e surpreendentes. Ele atua, por exemplo, contra dores musculares, contusões, torções, inflamação nos joelhos, dores lombares, alergias diversas, ácido úrico, obesidade, reumatismo, artrite, artrose, várias lesões na pele, como espinhas, cravos, manchas e acnes etc.

Pode-se também substituir a pasta dental pelo sal, pois ele ajuda a evitar lesões nos dentes e na gengiva e previne o escorbuto. Para tornar seus cabelos mais sedosos e leves, após a lavagem habitual, pegue um pouco de sal marinho e friccione entre os cabelos, massageando suavemente de dois a três minutos. Em seguida enxágue os cabelos, primeiro com água quente e depois com água fria, para abrir os poros e ajudar na eliminação da oleosidade e da poluição. É aconselhável fazer essa limpeza capilar de uma a duas vezes por semana. Além disso, o sal ajuda a dar maciez e brilho ao rosto – coloque um pouco de sal na ponta dos dedos e massageie suavemente a face, principalmente a linha formada pelo nariz, testa e queixo, em torno de dois minutos. Finalize lavando o rosto com água quente e depois fria.

O mais importante é ter persistência e disciplina. O tratamento com sal deve ser feito de três a cinco meses para começar a dar efeito. Mas insista: você vai sentir a diferença! 
 

Setsuko Kobashi

Setsuko Namekata Kobashi, solariana e também sócia da ONG Solaris, começou os estudos com Sofia em 1991, sempre focada na manutenção do bem-estar do corpo e da mente. É especializada na massagem Seitai e no Sootaiho, técnica de exercícios que ajuda a equilibrar o corpo no dia a dia, priorizando a respiração, a alimentação e o pensamento. Setsuko aprendeu o Sootaiho com o Dr. Takao Sunaga, discípulo do Dr. Keizo Hashimoto, o criador da técnica, na província de Niigata, no Japão.
É também grande estudiosa das plantas medicinais, interesse que firmou e aprofundou acompanhando seu pai, Kensaku Namekata, um autodidata no assunto, que, tendo publicado um livro sobre o tema, obteve reconhecimento internacional.
 

 
 
Imprimir