edição nº 3 ano 2019
outros títulos do autor
Um pouco mais de reflexologia
Depois de um dia quente de verão
Enxergando melhor
Cereais para todos os gostos
Tomate
Mastigue bem
Clorofila
Ao despertar
Algas marinhas
Óleo de melaleuca e seus benefícios
     
 
veja também
Sobre origens e destinos
Máxima solariana nº10
Previsão astrológica de 2019
Psyllium

Se por qualquer motivo você não está se alimentando adequadamente em relação a fibras, vale conhecer os benefícios do psyllium.


O que é o psyllium?


O psyllium é uma fibra natural e solúvel derivada da casca da semente da erva Plantago Ovata. É uma fibra que absorve água e “forma uma espécie de pasta que limpa as paredes intestinais”, removendo toxinas sem causar dores ou diarreias.


Quando nosso intestino não funciona bem é comum ficarmos irritados e mal-humorados. “Um dos principais benefícios do psyllium é o auxílio na melhora do trânsito intestinal.” Por seu alto teor de fibras solúveis, é muito eficiente no tratamento da constipação e colites, entre outros. 


Esta fibra esponjosa, que não é digerida pelo corpo, alivia a prisão de ventre, já que atua como um laxante natural, aumentando o volume do bolo fecal. Seu uso é indicado para os portadores da doença de Crohn, de colites ulcerativas e de hemorroidas. A fibra ainda ajudar a reduzir o mau colesterol (LDL) , pois elimina impurezas do organismo. 


Como tomar?


O consumo pode ser feito a qualquer hora do dia, desde que acompanhado de bastante água. No suco, no leite, no chá, nas vitaminas, no iogurte, ou mesmo polvilhando na salada.


Onde comprar?


Em casas de produtos naturais, zonas cerealistas, farmácias. Prefira o produto in natura, sem aditivos.


Qual a quantidade ideal?

 

Em torno de 25 a 30 gramas por dia para adultos. Uma colher de sopa de psyllium contém cerca de 5 gramas de fibras. Inserir o psyllium na dieta pode ajudar a suprir as necessidades diárias do consumo de fibras. Para os casos de doenças crônicas, é fundamental seguir a prescrição médica em relação à dosagem e à frequência. 


Precauções


Apesar de muito raro, algumas pessoas podem apresentar intolerância a psyllium. Seu uso também não é recomendado na gravidez. De qualquer forma, na dúvida, procure orientação profissional. 


O psyllium é uma forma saudável de incluir mais fibras na sua dieta, mas não esqueça que ele absorve líquido. Então, beber muita água, mantendo-se hidratado durante o dia, é imprescindível. 


 

Fonte: mundoboaforma.com.br

 

Maria Bové Martinez

Solariana, profa. de português, podóloga e terapeuta corporal da linha reichiana.

 
 
Imprimir