edição nº 10 ano 2018
outros títulos do autor
Nossos olhos
Massageando as unhas
Espreguiçando e Emagrecendo
Vinagre, nosso melhor aliado
Doutor Mindinho
Cuidando do Hara
Doutor Mindinho: uma bola de papel
Repolho, remédio para todos os males
Sal grosso ou marinho, o tempero ideal para o seu corpo
Receitas ideais para o seu bem-estar
     
 
veja também
Milagroso mindinho
O desafio comum do resgate ambiental
Empatia
Máxima solariana nº19
Na palma de sua mão

Não temos consciência do quanto um simples abrir e fechar de mãos pode influenciar positivamente no equilíbrio do nosso corpo, na nossa circulação e até no nosso estado emocional.
Se observarmos as nossas mãos no nosso dia a dia, perceberemos que as mantemos sempre fechadas, sem nunca abri-las, e por isso não raro reclamamos de cansaço nos braços e nas mãos, ombros duros e pesados, dores nas costas, cabeça, vista cansada, desânimo geral, pressão alterada, impotência sexual, tonturas, arteriosclerose, obesidade etc.
Usuários de computadores, sobretudo, apresentam sintomas de exaustão e estresse, além de vários problemas físicos e mentais, tendo como resultado o desequilíbrio dos nervos autônomos.

O que fazer?

O tratamento descrito a seguir, que ajuda a combater e a suavizar todos esses problemas, foi desenvolvido por um especialista japonês, o Dr. Toshiki Fukutsuji, diretor das áreas de acupuntura e moxaterapia de uma importante clínica sediada em Tóquio, Japão.

Como muitos sabem, a medicina oriental baseia-se nos meridianos yin (coração, fígado, pulmão, rins, baço e pâncreas) e yang (vísceras, estômago, intestino delgado, intestino grosso, vesícula e bexiga), que distribuem as energias para manter o equilíbrio do corpo. O encontro de yin e yang, ou seja, o começo e o fim, dá-se nas extremidades dos membros superiores e inferiores. Este é o motivo pelo qual profissionais como acupunturistas, massoterapeutas, moxaterapeutas etc. estimulam essas extremidades para ativar e equilibrar as energias do corpo.

É ótimo que esses profissionais existam, mas nós também podemos ajudar nosso corpo a manter seu equilíbrio.

O exercício indicado pelo Dr. Toshiki pode ser feito sentado ou em pé.
Coloque os dois braços junto ao corpo, com os cotovelos dobrados, e estenda as mãos para a frente com as palmas viradas para cima. Abra os dedos em forma de leque forçando o dedo médio, que na reflexologia equivale ao corpo central, e incline as pontas dos dedos para trás durante 5 segundos; relaxe e agora feche a mão por mais 5 segundos. Repita o movimento 10 vezes. A respiração acompanha o movimento – inspirando ao abrir as mãos e soltando o ar e relaxando ao fechá-las. O exercício deve ser feito de 2 a 3 vezes ao dia. Para melhorar ainda mais o equilíbrio do corpo, o mesmo tratamento pode ser aplicado aos pés. O procedimento pode ser realizado em cada membro individualmente ou em conjunto, de acordo com sua comodidade.

Esta prática pode ser feita em qualquer lugar ou momento do seu dia: no trânsito, no banheiro, assistindo à TV. O importante é fazê-la continuamente. Para quem não está acostumado, poderá sentir no começo as mãos e os dedos endurecidos, e até algumas dores leves, mas não se preocupe, são reações naturais que devem sumir após 3 a 4 dias.

Depois de um mês, você começará a sentir os efeitos positivos no seu corpo. Persista e equilibre-se! Seu corpo agradecerá.
 

Setsuko Kobashi

Setsuko Namekata Kobashi, solariana e também sócia da ONG Solaris, começou os estudos com Sofia em 1991, sempre focada na manutenção do bem-estar do corpo e da mente. É especializada na massagem Seitai e no Sootaiho, técnica de exercícios que ajuda a equilibrar o corpo no dia a dia, priorizando a respiração, a alimentação e o pensamento. Setsuko aprendeu o Sootaiho com o Dr. Takao Sunaga, discípulo do Dr. Keizo Hashimoto, o criador da técnica, na província de Niigata, no Japão.
É também grande estudiosa das plantas medicinais, interesse que firmou e aprofundou acompanhando seu pai, Kensaku Namekata, um autodidata no assunto, que, tendo publicado um livro sobre o tema, obteve reconhecimento internacional.
 

 
 
Imprimir