edição nº 12 ano 2017
outros títulos do autor
Respire fundo
Pés limpos
Ácaro, como se livrar dele
Reflexologia nas orelhas
Escovando a pele
Yacon, a batata light
Cuidando das cutículas
Dicas para uma pele saudável
E se o bico do sapato apertar
Um pouco mais de reflexologia
     
 
veja também
O poder dos limites
Carta aos filhos
Liberdade, que bicho é esse?
Máxima solariana nº11
Ginástica Facial

Nosso rosto não é simétrico, tem uma desarmonia sutil. Com o avanço da idade e do processo de flacidez, essa assimetria se acentua. Para atenuar esses efeitos, a ginástica facial foi desenvolvida, ajudando a manter a elasticidade e a prevenir a flacidez. Se praticada constantemente, a tonificação que ela proporciona melhora a aparência e o tônus da pele – seguindo os mesmos princípios da ginástica corporal, com movimentos repetitivos as fibras musculares se encurtam e o músculo incha (ganha tônus).

Uma boa ginástica facial envolve cerca de 50 músculos do rosto, pescoço e colo. Trabalha a musculatura da face eliminando os pontos de tensão e promovendo o relaxamento. Experimente e insista, logo no primeiro mês os resultados começam a aparecer. 

Como praticar?

Aridinéa Vacchiano, autora de Shiatsu facial (Editora Ground, 4ª Ed., 2000), nos passa ótimas dicas e exercícios faciais. O diferencial do shiatsu facial vem do seu potencial de equilibrar o fluxo de energia da pele, com a desobstrução dos meridianos. Por isso, além de fortalecer a musculatura do rosto e do pescoço, essa prática suaviza o estresse e ajuda a controlar a ansiedade.

Acompanhe abaixo algumas das práticas retiradas do seu livro1.

Todos os movimentos devem ser efetuados lenta e suavemente.

Exercício 1 (Figura 1)
Fazer um biquinho deixando os lábios levemente abetos. Conte até 15. Repetir os movimentos de 8 a 10 vezes. Este exercício atua nas rugas laterais, rugas orbicular dos lábios, flacidez bucal.

Exercício 2 (Figura 2)
Feche bem os olhos, apertando-os ao máximo. Conte até 15. Repita de 8 a 10 vezes. Aumenta a visão. Atua nas rugas circulares orbicular (bolsas inferiores e superiores).

Exercício 3 (Figura 3)
Unir os lábios como se fosse fixar o batom. Esticar os cantos da boca com os dedos. Contar até 10 e relaxar. Repetir de 8 a 10 vezes. Atua nas rugas parabucais.

Exercício 4 (Figura 4)
Com os dois dedos (médio e indicador) suspender a sobrancelha ao máximo e franzir a testa puxando-a para baixo. Contar até 15. Repetir de 8 a 10 vezes. Levanta o olhar e beneficia a testa.

Exercício 5 (Figura 5)
Virar lentamente os lábios e o nariz em direção à orelha (uma de cada vez). Contar até 15. Repetir de 8 a 10 vezes. Atua nas rugas parabucais proximais.

1Os exercícios foram divulgados com autorização da autora.
 

Maria Bové Martinez

Solariana, profa. de português, podóloga e terapeuta corporal da linha reichiana.

 
 
Imprimir