Warning: ob_start() [ref.outcontrol]: output handler 'ob_gzhandler' conflicts with 'zlib output compression' in /home/institutosolaris/www/printDoc.php on line 5
PORTAL SOLARIS
O que é pilates?

O método Pilates reúne uma série de exercícios idealizada pelo alemão Joseph Pilates nos anos 1920. Os exercícios podem ser realizados em aparelhos específicos ou no solo. O método foi originalmente chamado de Contrologia, pois consiste em manter o controle da mente sobre todos os membros do corpo. Além de trabalhar aspectos corporais, como tonificação muscular, condicionamento físico e postura, o Pilates cuida da parte mental, com exercícios de respiração e relaxamento que aliviam o estresse e a ansiedade. A ginástica de Joseph Pilates pode ser adaptada para todas as pessoas e para todas as idades, mas deve ser orientada por um fisioterapeuta ou profissional de Educação Física. 



Os 6 princípios do Pilates


Os exercícios do método devem obedecer seis princípios básicos  respiração, concentração, centralização de força, controle, precisão e fluidez  para que os exercícios sejam realizados corretamente e atinjam os objetivos desejados, conforme destacou a instrutora Renata Moraes: 

 

Respiração: sempre coordenada com o movimento. Inspira-se pelo nariz e expira-se pela boca, visando a expansão pulmonar, com a força na caixa torácica. 

Concentração: é a mente que guia o corpo. 

Centralização de força: é um conjunto de músculos responsáveis pela sustentação da coluna e dos órgãos internos. Movimentam-se os músculos mais profundos.

Controle: visa um padrão suave e harmônico de movimentos.

Precisão: refinamento do controle e equilíbrio dos diferentes músculos envolvidos num movimento, sem gasto desnecessário de energia. Com o tempo, acrescenta-se intensidade.

Fluidez: a fluidez e leveza dos movimentos permitem a utilização apenas da energia necessária para o movimento. 


 

Quem foi Joseph Pilates?


Joseph Pilates nasceu em 1883 entre Düsseldorf e Dutch, na Alemanha. De saúde frágil, sofreu de bronquite, asma e febre reumática na infância. Em 1912, mudou-se para Inglaterra, onde trabalhou como artista de circo e na Scotland Yard (polícia inglesa) como instrutor físico. Quando eclodiu a Primeira Guerra Mundial, em 1914, Joseph foi mandado, com outros cidadãos de nacionalidade alemã, a um campo de prisioneiros em Lancaster, sendo considerado inimigo estrangeiro. Trabalhando como enfermeiro, desenvolveu uma série de exercícios usando camas hospitalares e objetos como molas e cintos, com o intuito de cuidar dos enfermos que não podiam se movimentar. Foi assim que deu início aos primeiros protótipos dos aparelhos que conhecemos hoje. 

No fim da guerra, retornou à Alemanha, onde continuou a desenvolver seu método.

 

Em 1926, numa viagem de navio de Londres para Nova York, Pilates conheceu uma enfermeira, Clara Zeuner, e os dois descobriram vários pontos de afinidade: ambos tinham cuidados com a saúde e buscavam formas de manter o corpo saudável. Decidiram abrir um estúdio juntos em Nova York e mais tarde se casaram. 

 

Joseph Pilates morreu em 1967, aos 87 anos, em decorrência de um incêndio na sua academia. Clara continuou seu trabalho até sua morte, em 1977. 

 

É interessante observar como, mesmo num ambiente hostil, é sempre possível a uma mente criativa realizar sua missão e deixar um legado. Que possamos nos mirar em seu exemplo!

 

 

 

Fontes: 

http://revistapilates.com.br/2009/04/20/os-6-principios-do-pilates/

http://jornalibia.com.br/destaque/movimento-forca-e-flexibilidade-atraves-do-pilates/

http://www.unisalesiano.edu.br/biblioteca/monografias/51842.pdf

 

Maria Bové Martinez

Solariana, profa. de português, podóloga e terapeuta corporal da linha reichiana.