edição nº 10 ano 2018
outros títulos do autor
Massageando as unhas
Espreguiçando e Emagrecendo
Vinagre, nosso melhor aliado
Doutor Mindinho
Cuidando do Hara
Doutor Mindinho: uma bola de papel
Repolho, remédio para todos os males
Sal grosso ou marinho, o tempero ideal para o seu corpo
Na palma de sua mão
Receitas ideais para o seu bem-estar
     
 
veja também
Milagroso mindinho
O desafio comum do resgate ambiental
Empatia
Máxima solariana nº19
Nossos olhos

Neste mês, no nosso novo espaço, vamos falar um pouco sobre os cuidados com os nossos olhos, assunto fundamental para a manutenção do nosso bem-estar.

Hoje em dia as pessoas desenvolvem diversos problemas relacionados com os olhos, pois os utilizam muito e não tomam os devidos cuidados para mantê-los saudáveis.  Usam-nos em trabalhos que exigem seu uso contínuo, seja ficando direto no  computador seja no excesso de leitura, e em ambientes com iluminação inadequada, só para citar alguns exemplos.

Os sintomas mais comuns pelo uso excessivo dos olhos são: dores de cabeça, cabeça pesada, tensão na nuca, tensão nos ombros, braços cansados, dormência nos braços, náuseas e tonturas, sem dizer da dor na própria vista. Além desses problemas, há os de conhecimento geral, ou seja, os específicos da área ocular: miopia, astigmatismo, glaucoma, vista cansada, ‘mosca voadora’ etc.

Os exercícios que serão apresentados vão ajudar a manter os olhos saudáveis, exercendo, além disso, um efeito benéfico na circulação da água linfática estagnada e na circulação sanguínea.

Orientações básicas
Antes de iniciar os exercícios, devemos observar nossa higiene e algumas orientações:
1- Cortar a unha rente e lavá-las bem;
2- Fechar os olhos de leve, sem nunca apertar o globo ocular;
3- Fazer a prática com ritmo, executando cada exercício em 1 segundo;
4- Evitar fazer os exercícios se houver alguma inflamação ou ferimento na área ocular;
5- Procurar um oftalmologista sem demora se alguma doença se manifestar.

Passo a passo
A seguir, a descrição dos exercícios passo a passo, sempre lembrando que eles devem ser feitos com as pontas dos dedos:

• Ponto 1 da Figura 1 (abaixo): com as pontas dos dedos indicadores e médios juntos aperte a região entre os ossos das sobrancelhas e os globos oculares, devagar, até sentir os globos oculares, então os pressione levemente com as pontas dos dedos empurrando-os para baixo por 1 segundo e depois solte.
• Ponto 2 da Figura 1: repita o mesmo processo descrito acima na parte inferior dos globos oculares (entre os ossos), porém, desta vez, ao sentir os globos oculares, empurre-os para cima fazendo uma leve pressão.
• Ponto 3 da Figura 1: coloque os indicadores nos cantos externos dos olhos e vá deslizando suavemente sobre os globos oculares, como que acariciando, sem forçar, movimentando os dedos para dentro até chegar ao canto interno dos olhos, junto do nariz (Ponto 4 na Figura 1).
• Ponto 4 da Figura 1: com os dedos médios entre o nariz e o canto dos olhos, faça movimentos giratórios para fora com a ponta dos dedos,  sentindo os globos oculares se movimentarem. Repita o movimento de giro 5 vezes.
• Ponto 5 da Figura 1: como esses exercícios mexeram muito com seus olhos, agora, com as palmas das mãos, acaricie 5 vezes os olhos, passando as palmas das mãos sobre eles,  em movimentos horizontais suaves, de dentro para fora.
• Ponto 6 da Figura 1: com os polegares pressione os olhos na base do nariz, onde está localizada a bolsa lacrimal – isso ajudará a estimulá-la.
• Ponto 7 da Figura 1: com o polegar dobrado, passe a falange do polegar sobre as sobrancelhas 9 vezes e depois pressione o osso do globo ocular inferior e superior.

A prática completa, que deve ser feita de manhã e à noite, conta com 5 repetições de cada exercício. Para começar a obter algum resultado, é necessário praticar regularmente por pelo menos 6 semanas. Mas, para que a vista se mantenha saudável, a prática deve ser introduzida definitivamente como uma rotina diária

Com uma toalha quente
Para ajudar a amenizar e a aliviar o cansaço da vista, aqueça a água entre 40 e 43°C; umedeça uma toalha nela e coloque-a sobre a vista (com os olhos fechados), mantendo-a de 10 a 15 minutos. Se a toalha esfriar, aqueça-a novamente para continuar o procedimento. Isso pode ser feito antes de deitar ou nos intervalos do trabalho. A toalha morna acelera o processo de revitalização dos olhos. Simples, eficaz e indolor: que tal experimentar?
 

Setsuko Kobashi

Setsuko Namekata Kobashi, solariana e também sócia da ONG Solaris, começou os estudos com Sofia em 1991, sempre focada na manutenção do bem-estar do corpo e da mente. É especializada na massagem Seitai e no Sootaiho, técnica de exercícios que ajuda a equilibrar o corpo no dia a dia, priorizando a respiração, a alimentação e o pensamento. Setsuko aprendeu o Sootaiho com o Dr. Takao Sunaga, discípulo do Dr. Keizo Hashimoto, o criador da técnica, na província de Niigata, no Japão.
É também grande estudiosa das plantas medicinais, interesse que firmou e aprofundou acompanhando seu pai, Kensaku Namekata, um autodidata no assunto, que, tendo publicado um livro sobre o tema, obteve reconhecimento internacional.
 

 
 
Imprimir